Ansiedade de separação em cães: o que é, causas e como tratá-la

Descubra o que é o distúrbio de ansiedade de separação em cães, os seus sintomas e dicas sobre como tratá-lo.

cães com distúrbios de ansiedade de separação

Os nossos animais de estimação, especialmente os nossos cães peludos, amam-nos incondicionalmente. Pode pensar que isto é um exagero, mas na realidade não é, e pode mesmo chegar a pontos de verdadeira preocupação.

Porque não o faz, não só os humanos precisam de afecto e carinho, mas também os nossos animais de estimação.. Muitas vezes não lhes dar, ou ter sofrido maus tratos e abusos desencadeia consequências terríveis para eles, tanto físicas como psicológicas.

Precisamente uma das condições que mais pode afectar os nossos animais de estimação é a ansiedade de separação, uma perturbação psicológica que pode ocorrer nos nossos animais de estimação, dependendo de certos factores que detalharemos a seguir.

Mas primeiro vamos dar um passo de cada vez, vamos agora explicar o que é a perturbação da ansiedade de separaçãoO que a causa e como lidar com ela como sua proprietária.

O que é a ansiedade de separação nos cães?

A ansiedade de separação em animais de estimação é uma desordem comportamentalÉ uma condição grave que afecta a qualidade de vida dos nossos amigos peludos. De facto, pode ter curiosidade em saber que é uma das principais causas psicológicas pelas quais muitos animais de estimação são eutanizados. 

Um dos conceitos mais frequentemente repetidos quando se fala sobre esta condição é o "hyper-attachment".embora a comunidade científica discorde sobre este ponto.

O que lhe podemos deixar claro é que é uma resposta obsessiva O comportamento do nosso companheiro canino para connosco, para que quando ele está à nossa frente seja tão afectuoso como sempre, mas o caos começa assim que o deixamos em paz. 

cães de ansiedade de separação

Sintomas de ansiedade de separação em cães

Para além das chamadas do vizinho que poderá receber e dos danos que provavelmente terá causado à sua casa, há uma série de sinais de que o seu animal de estimação poderá estar a sofrer de ansiedade de separação assim que sair de casa:

  • gritos e latidos em excesso: quando se vai embora, inicia um efeito de reivindicação que não vai parar até que o volte a ver.
  • aliviar-se fora das regras estabelecidas: Isto significa que mesmo que tenha levado o cão a passear antes de partir, ele irá aliviar-se a si próprio novamente devido ao stress. Além disso, provavelmente sofrerá de diarreia e vómitos.
  • sofre de anorexia ou obesidade: Ambas as situações podem ocorrer, o cão pode comer em excesso ou o contrário pode ocorrer. 
  • tem comportamentos compulsivosauto-mutilação, movimentos repetitivos (por exemplo, andar em círculos) ou lambidas ansiosas.
  • saliva ou sudorese excessiva como resultado da angústia que ele sofre.

Causas do distúrbio de ansiedade de separação em cães

As causas por detrás desta desordem podem na realidade ser múltiplas. A mais conhecida é a consequência de abusos ou maus-tratos, mas há mais:

  • o próprio carácter do animal de estimaçãoHá cães que desenvolvem este "hiper-acoplamento" simplesmente porque faz parte da sua personalidade, de modo que desenvolvem demasiada obsessão com o seu dono sem qualquer outra razão subjacente.
  • experiências traumáticasComo acima mencionado, os maus tratos e abusos podem desencadear esta desordem. Pode também acontecer que na ausência do dono o cão tenha sofrido algum tipo de susto que o tenha feito temerário.
  • separação precoce da sua mãeOs cachorros devem passar pelo menos 8 semanas com a mãe antes do desmame, para que a separação precoce possa desencadear o início desta patologia.
  • mudanças nas rotinas: hechos como de volta das férias ou remoções perturbam a rotina estabelecida do seu animal de estimação e afectam-no muito mais do que pode imaginar. É importante adaptá-los gradualmente às novas circunstâncias para que as mudanças não sejam abruptas e abruptas.
cães com distúrbios de ansiedade de separação

Como tratar a perturbação da ansiedade de separação em cães?

Devemos deixar claro que o seu cão sofre deste tipo de desordem por uma razão que deve ser conhecida antes de qualquer tratamento, especialmente se envolver drogas.

Também não deixe de lhe dar afecto ou comece a trancá-lo em lugares isolados.Só irá exacerbar o problema. Se necessário, procurar o conselho de um treinador de cães e de um profissional veterinário para iniciar um tratamento rigoroso.

Por outro lado, há certos aspectos que, como proprietário, pode discutir com o seu animal de estimação:

  • ser sempre previsívelEra disto que estávamos a falar no que diz respeito às rotinas. Se sair sempre ao mesmo tempo, voltar ao mesmo tempo e, em suma, se tiver hábitos estabelecidos, o seu animal de estimação não ficará surpreendido. Algo muito eficaz é levar sempre as chaves com um pouco de ruído.
  • adapta o seu ambiente a ela: Deixe o seu brinquedo preferido, cobertor ou mesmo uma peça de roupa que cheire a si por perto. Isto fá-lo-á sentir-se mais confortável.
  • saudações e despedidas, sempre com calmaO cão ficará provavelmente muito ansioso cada vez que sair ou cada vez que voltar. Em ambos os casos, não o ignorem, apenas o cumprimentem ou se despeçam com a mesma calma. Desta forma, ele sentirá que você tem a sua atenção, mas não o exagera.

E lembrem-se que em Superpet, temos os melhores produtos para cãesDa comida para cão à higiene e brinquedos que vai adorar.

Visite-nos agora no Sítio Web de Superpet e tirar partido das nossas ofertas ¡Guau!

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Lojas

Pesquisa

Selectores genéricos
Apenas correspondências exactas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Selectores de tipo de publicação

Categorias

Aproveite as vantagens do vantagens de pertencer ao
FAMÍLIA SUPERPET!

Logotipo para Superpet, loja de alimentos e acessórios para animais de estimação.

Direitos de autor 2016 - 2023 © SuperPet

pt_PT